Home Contabilidade Como abrir um negócio com pouco dinheiro

Como abrir um negócio com pouco dinheiro

maio 23, 2019
Como abrir um negócio com pouco dinheiro

Empreender é um ótimo meio de alavancar idéias e tornar um negócio inexistente em uma grande empresa em potencial. Produtos e serviços antes sequer cogitados tem surgido a todo momento e não só ampliando mercados existentes como também gerando infinitas possibilidades em novos mercados.

Entretanto, para quem está começando ou até mesmo quem precisa de um novo ponto de partida em meio a tantos anos de experiência, somados ao repetitivo processo inerente aos meios de produção de determinado serviço ou produto, contar com capital é um drama vividos por inúmeros, um grande e complicado percalço no caminho.

Começando um negócio próprio sem muito capital, será que é possível?

Neste artigo abordamos 6 dicas para ajudar a você -que tem uma ideia mas não sabe onde conseguir dinheiro suficiente para estruturar um negócio – a buscar alternativas que possibilitem o desenvolvimento do seu sonho.

Pensando nessas possibilidades, investir em recurso próprio, buscando investidores, familiares, financiamento coletivo ou pedir dinheiro emprestado para o banco podem ser excelentes maneiras de conseguir o capital, mas claro, com cautela e muita estratégia.

1-Habilite-se!

Encontrar uma ideia e pensar nas possibilidades de executá-la são tarefas complicadas e apesar da proximidade entre o raciocínio e a execução, são praticamente mundos diferentes. De nada adiante querer ter um restaurante e não saber cozinhar, não é mesmo? Para especialistas no assunto, o recomendado é entender até onde vai seu conhecimento do mercado que quer atuar. Tenha certeza que tem as habilidades necessárias para empreender no ramo que escolheu, esse passo é essencial para que seu negócio tenha um futuro promissor.

2-De quanto você precisa?

Para todo e qualquer negócio que se inicia, é primordial que se tenha um plano de negócios. Traçar uma estratégia com metas e objetivos é o que vai lhe garantir uma melhor organização de seu empreendimento. Coloque tudo o que você planeja no papel e consulte o mercado antes de investir. Será que seu produto ou serviço será aceito? É mesmo uma ideia inovadora necessária ao mercado?

Além disso, é de extrema importância saber até onde vão seus limites financeiros. A linha onde você necessitará de capital externo deve ser conhecida, para que você possa investir no momento e local certo, poupando recursos. Seja realista e simule ideias que darão certo e a possibilidade de isso não acontecer, para se prevenir.

3-Quem pode bancar sua ideia?

Desenvolver um negócio próprio sem depender dos recursos de outros parece uma excelente ideia, mas nem sempre essa é a realidade de quem se arrisca no empreendedorismo. Para aqueles que não tem o capital inicial uma boa opção é buscar por um investidor-anjo, crowdfunding, amigos e familiares com a finalidade de conseguir o dinheiro necessário.

Lembre-se de colocar no papel o valor que você tem disponível e o quanto ainda precisa para que a empresa saia do papel e mantenha o curso.

4-Seja visto

Nem toda empresa necessita de uma loja física para começar os negócios. Hoje, investir em publicidade com pouco recurso é possível e uma boa estratégia de divulgação conta com infinitas possibilidades na hora de se tornar visível no mercado. Conte com a internet e mídias sociais no auxilio da propaganda de seu negócio, além de prático, constituem um meio gratuito de interação direta com o mercado que você almeja.

5-Networking

Essencial para todo negócio é constituir uma boa rede de contatos. Além de possíveis parcerias, quem tem mais tempo de mercado no seu setor de atuação pode fornecer dicas valiosas com informações precisas do mercado, além de detalhes para auxiliar no cotidiano do negócio. Essa inclusive é uma maneira simples de administrar o capital de maneira inteligente.

6-Atualizar é preciso

Como falamos anteriormente, de nada adianta ter a ideia se não há habilidade para a execução. Uma boa maneira de iniciar um negócio que ainda não conta com capital suficiente para começar é investir recursos na capacitação. Workshop, cursos e especializações são a chave para desenvolver o empreendimento e garantir um futuro estável para seu negócio.

Além disso, um sistema organizado de finanças conta com o auxílio de uma boa empresa de contabilidade para organização e andamento da empresa. Pare estes e outros assuntos relacionados com o seu negócio, conte conosco!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta